Secretaria de Saúde detalha cenário da Covid-19 em Curitiba

Nos primeiros oito dias do mês (de novembro), mais de duas mil pessoas testaram positivo para a Covid-19 em Curitiba. Em comparação com a semana anterior, a diminuição de novos casos foi de 34%.

Entretanto, é preciso estar atento para as subnotificações, que englobam pessoas que não fizeram o exame para a doença, já que os sintomas podem ser confundidos com resfriado e até crise de rinite. A Secretária da Saúde de Curitiba, Beatriz Battistella, detalha o cenário atual.

A imunização é fundamental para evitar casos mais graves da doença. Na última semana de outubro, 8 pessoas morreram vítimas da Covid-19 em Curitiba. Destas, 6 não tinham o calendário vacinal completo.

Até ontem, 9 de novembro, pouco mais de 130 doses da vacina bivalente foram aplicadas na capital paranaense em novembro. O imunizante é indicado para todas as pessoas com 18 anos ou mais que ainda não receberam a dose de reforço neste ano.

A médica infectologista Camila Lopes Ahrens recomenda à população a considerar testar para Covid-19 quando apresentar sintomas respiratórios.

A alta gradativa do número de infectados pelo coronavírus requer atenção e cuidados básicos, como usar máscara fácil se apresentar sintomas respiratórios e evitar lugares fechados com grande concentração de pessoas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui